É inevitável que após a fabricação, obra ou até mesmo depois de uma instalação simples, os vidros fiquem sujos. E para limpá-los da forma correta, alguns cuidados são essenciais, uma vez que usar o produto errado, por exemplo, pode danificar o material. Por isso, separamos dicas importantes. Confira:

Área industrial – A limpeza de vidros na área industrial (para retirar manchas e outras sujeiras que podem ocorrer durante o processo de transformação) deve ser feita com pano macio e água morna. Outra opção é utilizar um pano umedecido com álcool isopropílico, neste caso com o vidro estiver seco. Não se deve usar solventes, como tinner, removedor, querosene, MEC.

Construção – Em área de construções ou obras, a limpeza deve ser extremamente cuidadosa. O ideal é realizar uma pré-lavagem com água limpa, a fim de eliminar toda a poeira. Depois disso, a limpeza normal pode ser feita, porém evitando produtos alcalinos. Além disso, durante a obra, reboco, argamassas e afins podem liberar produtos alcalinos. Se esses produtos entrarem em contato com os vidros, eles devem ser limpos imediatamente.

Ainda em relação aos vidros em obras, recomenda-se que se aplique ao vidro uma película, com o objetivo de ampliar a proteção e evitar o contato com produtos alcalinos.

Lembrete importante: Jamais utilizar palhas de aço ou outro material com superfície abrasiva, pois eles podem riscar a superfície do vidro.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published.